liberdade, conflito, luta, argivai, angola, mundo, universal
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2006

title

Fonte: www.aemo.org/asoares



PORTUGAL ABANDONOU TERRITÓRIOS SEM FAZER A DESCOLONIZAÇÃO

«PORTUGAL não descolonizou, abandonou territórios», afirmou ontem Durão Barroso, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, durante um almoço organizado pelo American Club.
Reforçando esta ideia, Durão Barroso recordou os acordos de Alvor, onde nenhuma cláusula existiu para sancionar o seu incumprimento. Explicando esta situação pelo regime político vivido em 1975 e 1976, designadamente o predomínio dos militares, Durão Barroso referiu que até aos dias de hoje muito se alterou no relacionamento de Portugal com as ex-colónias.
Considerando Angola como um país que em termos de rendimento per capita tem hipóteses de se transformar no mais rico do mundo, o secretário de Estado frisou que o maior superavit da nossa balança comercial é hoje com aquela ex-colónia, não existindo nenhum dos grandes grupos económicos portugueses que não tenha já ou não esteja em vias de ter interesses comerciais em Angola.
Rejeitando alguma “promiscuidade” – inevitável com países com os quais os laços históricos se reflectem em inúmeras relações interpessoais -, Durão Barroso defendeu que a postura de Lisboa deve ser sempre de respeito pela Soberania dos Estados, mesmo que as opções políticas não coincidam com o modelo adoptado em Portugal.
A integração europeia possibilitou, por outro lado, o reforço da cooperação com as ex-colónias, caminho este que será de prosseguir independentemente de alguns casos, como o de Moçambique onde se tem de proceder ao constante reescalonamento das dívidas.
Refutando a óptica da História como um tribunal, Durão Barroso não deixou, contudo, de afirmar que muitos dos intervenientes directos no processo de descolonização estão hoje a escrever livros e a coligir memórias que poderão posteriormente ser analisadas.
O grande debate que o País tem de fazer em relação à descolonização, que, segundo Durão Barroso, provocou maiores traumas que a própria colonização, “precisa do distanciamento da história, sendo certo que hoje são as próprias ex-colónias a assumirem um relacionamento privilegiado com Portugal”.
Ainda recentemente, lembrou Durão Barroso, “os Cinco estiveram reunidos e realçaram o excelente momento das relações com Portugal”
(In Jornal Diário de Notícias - 17/05/1990)
publicado por ANTITUDO às 10:52
link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Janeiro de 2006

Presidenciais - resultados eleitorais


cerebral palsy attorneys
cerebral palsy attorneys

http://www.presidenciais.mj.pt/Eleicoes/Home

publicado por ANTITUDO às 12:24
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

ARGIVAI - cruzeiros e nichos





ARGIVAI no sapo


Argivai... cruzeirinhos e nichos de ontem e de hoje...
publicado por ANTITUDO às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2006

title

CORREIO DA MANHÃ - 2004-07-04 Portas recebe as associações de Angola e Moçambique ESPERANÇA PARA OS ESPOLIADOS DO ULTRAMAR
O ministro da Defesa, Paulo Portas, prometeu colocar todo o seu empenho na causa dos espoliados do Ultramar. Durante uma audiência com as associações de Angola e Moçambique, realizada sexta-feira e na qual participou também o líder parlamentar do CDS-PP, Telmo Correia, Paulo Portas deu a conhecer o conjunto de medidas legislativas que estão a ser estudadas no âmbito do grupo de trabalho interministerial criado no início do Junho.
Segundo apurou o CM junto de fonte governamental, Paulo Portas garantiu às duas associações, tal como fez no passado enquanto deputado, todo o seu empenho na causa dos portugueses que viveram em África e que a vários títulos foram prejudicados.De acordo com a mesma fonte, Paulo Portas afirmou que “após muitos anos, surgiu finalmente um sinal de esperança”.A audiência do ministro com as duas associações ocorreu uma semana depois de na Assembleia da República terem sido discutidas três petições que solicitam o reconhecimento pelo Estado Português dos direitos dos ex-residentes nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, nomeadamente a atribuição de uma “justa indemnização”.Esta causa dos espoliados tem sido abraçada pelo CDS-PP, tendo no passado dia 25 de Junho, Telmo Correia afirmado: “É tempo de resolver o problema social verdadeiro e de maior gravidade para acabar com a hipocrisia”.
…………………………………………………………………………………………….
Comentários de leitores colocados no Correio da Manhã sobre esta acção do Governo:

Quinta-feira, 8 Julho- Alcides Costa Se há alguém que fará algo pelos espoliados, é o Paulo Portas.Como podem ler na notícia,anos atrás enquanto deputado já falava neste problema.Para que desconhece,em 1992 foi criado um gabinete de apoio aos espoliados pelo governo de Cavaco e extinto pelo PS em 1997. Já não bastava o Mário Soares ter feito aquela coisa vergonhosa a que chamaram descolonização.A História ainda está por contar. (Aveiro)
- Mouzinho de Albuquerque Tal como já foi dito e repetido temos hoje ainda alguns políticos arrumados e outros até altamente ocupados que foram os grandes responsáveis pelo abandono das nossas terras e das nossas gentes para as mãos de revoltosos assassinos e ladrões empenhados na desordem social,económica e política, provocando a morte de muitos dos nossos portugueses e gentes de todas as raças á fome e pela força das armas esses políticos (com o apoio de uma grande maioria do povo português) deveriam ser chamados a julgamento internacional para responderem pelos seus actos. Há naturalmente muita gente em Portugal que tem ódio aos portugueses que viveram , trabalharam e lutaram em defesa dessas terras, da nossa língua.Mas o pior de tudo isto não foi só a entrega das nossas terras e das nossas gentes, foi sim a consideração e os apoios económicos que Portugal e uma grande maioria do povo de cérebro lavado continua a dar a esses terroristas que nos correram,aleijaram e mataram muitos dos nossos familiares. Meus caríssimos leitores estou confiante que um dia a justiça será feita mais tarde ou mais cedo Portugal ou os países Africanos de língua portuguesa terão de pagar em grande tudo que foi roubado:as empresas as casas e as vidas daqueles que já não podem falar e aqueles que hoje vivem por aí completamente abandonados á espera de melhores dias que infelizmente custam a chegar. Paulo Portas pode ser a esperança ????? Os judeus esperaram 50 anos mas a pouco e pouco os responsáveis pelo genocídio e os paíse envolvidos estão pagando avultadas somas monetárias aos sobreviventes ainda vivos . Isso para mim é uma inspiração para continuar a lutar para que a justiça seja feita.
Quarta-feira, 7 Julho- nuno O justiceiro é daqueles que andou a ocupar casas, comuna defendes os terroristas que roubaram os portugueses.
Terça-feira, 6 Julho- Rodriguez Ah grande P.P. afinal isto não está nem nunca esteve de tanga, o que é preciso é a caça ao voto. Promete o que sabe não poder dar mas isso pouco ou nada importa, o que é preciso é manter-se no governo a qualquer custo. Esta é como a pensão mínima igual ao ordenado mínimo, não cumpriram, não cumprem, nem podem e não devem, pois para darem isso a quem nada descontou e outros descontaram poucos anos, quanto teriam que dar aos que descontaram 35, 40 e mais anos ?... Eleições já.
- indignada Sr. Justiceiro, mal formado é o senhor. Mamou à custa dos que trabalhavam nas antigas colónias, pois aqui em Portugal as coisas que vinham de lá eram mais baratas que lá. Explorávamos os pretos, e o senhor cá não explora os brancos? Pois fique sabendo que os trabalharam nas ex-colónias, eram mais inteligentes, mais bem educados, mais trabalhadores que certos individuos justiceiros que há por Portugal. Vá-se documentar primeiro e fale depois. Será que alguma vez trabalhou ?
Segunda-feira, 5 Julho- justiceiro Espoliados??? mas que espoliados? quer dizer andaram a espoliar os pretos e depois viera espoliar os portugueses que foram preteridos em tudo a favor destes indviduos na maioria mal formados em deprimentos de pessoa scom estudos e ainda são espoliados?? mas que conversa é esta?vão lá buscá-lo agora ainda estar a pagar com o dinheiro dos meus impostos? estamos a brincar ou quê?
- Alcides Costa Óh menina Anica,tanta ignorância.Ao fim de trinta anos a passar políticos pelo Governo,ninguém teve coragem de pegar no problema dos combatentes, até aparecer o Paulo Portas. É claro que acredito nele. (Aveiro)
- NS o sr. PPortas pode ter os defeitos todos, mas até hoje foi o político que conseguiu indemnizar os Combatentes. Faltam os "Espoliados" é uma divida que o país tem para com as pessoas que sem terem culpa sofreram na pele uma das maiores atrocidades que há memória. Violações, genocídio, suicídio, homicídios, humilhiações, mas sobrevivemos, somos dos poucos que conhecem as realidades dos factos, quase sempre divergente da propaganda da extrema-esquerda, que nos apelida de fascitas.
Domingo, 4 Julho- Anica Mais uma mentirola muito oportuna. Mas ainda alguém acredita neste indivíduo?
- Pedro Lopes Depois da miséria, que foi a prometida compensação aos ex-combatentes do Ultramar....que será que os expoliados poderão esperar?????Se para os ex-combatentes foram 150€ ano...para os expoliados serão uns trezentos??????Ou estes terão maior valor Nacional???? Esta é a melhor mostra do populismo a custos de saldo....muito obrigado pelos O,41€ dia de compensação por ter andado na guerra sr Portas....
- João Reis A falta de isenção descredibiliza o jornalismo ! Acaso o CM ñ teria outra foto de Paulo Portas para apresentar nesta notícia ? Lembro q PPortas tb fez coisas mt positivas. Lembro algumas:as pensões para os ex-prisioneiros de guerra e combatentes e os maiores aumentos para as reformas mínimas. Sabemos q é pouco mas é o possível .
Outros comentários:
Segunda-feira, 28 Junho- NS Realmente pouca gente sabe o que aconteceu nos anos de 74/75. A ignorância da extrema-esquerda(PS/BE)levou à vergonha que foi a "exemplar descolonização". Luanda em 1973 estava 20 anos mais avançada que Lisboa. Quando a ideologia se sobrepõe à realidade o resultado só pode ser mentes racistas e xenófobas contra o próprio povo. Foi o que aconteceu com mais de 1 milhão de portugueses que depois do que sofreram injustamente ainda foram recebidos como os culpados da miséria. A justiça não falhará!
- Carlos Galhano Pois, caros Portugueses que nunca estiveram em África e não sabem nada da realidade desses tempos, os Portugueses criaram cidades e desenvolvimento durante séculos. Maputo e Luanda eram cidades mais evoluídas que Lisboa, até que ficou tudo destruído em meia dúzia de anos. Vão ver agora se as ex-colónias estão com melhores condições sem os Portugueses... Estes deixaram uma vida por lá, casas construídas com sacrifício, criação de terrenos agrícolas e industrias, tudo abandonado à força entre 74/75.
Sabado, 26 Junho- jose augusto dourado da silva Vamos é a ver se não vem a público, mais uma traição a quem pela pátria lutou.É que,muitos dos culpados,daquilo que aconteceu nas antigas Colónias,irão ser premiados.(repare-se que não aponto o dedo á generalidade dos antigos colonos).Mas a história ainda um dia há-de ser escrita
- Lucia Maria Esperamos que finalmente os espoliados do ultramar sejam recompensados das enormes perdas que sofreram pela descolonizao irracional. A MA faz jus ao nome e so perde por defeito pois deve ser ma como as cobras. Gostaria que lhe tirassem todos os seus bens - talvez assim mudasse de nome......
- ma ATÉ PARECE QUE SOMOS RICOS E QUE O GOVERNO NÃO SABE ONDE APLICAR O DINHEIRO. OU SERÁ QUE ISTO É PARA ALGUM GRUPO DE AMIGOS?
Mais comentários:
Segunda-feira, 21 Junho- João Santos 30 anos passados e ainda existe ódio exarcerbado contra o Povo que foi traído pela "Metrópele". Traídos pelos militares no terreno, onde muitos pertencendo ao MFA não nos protegeram e ainda cooperaram com os movimentos de libertação para nos roubar e assassinar, traídos pelos políticos que panfleteavam uma "descolonização exemplar", e traídos pelo próprio povo português que ainda hoje tem inveja dos Portugueses que tudo perderam menos a dignidade e a vontade de trabalhar que não era bem vista pelos srs dos cravos.
- João Santos A xenofobia dos que se dizem portugueses está bem patente em certos comentários. A inveja dos hipócritas é tanta que, passados 30 anos, ainda guardam o rancor comuna para com o povo que tudo perdeu. Povo esse trabalhador e não explorador, como continuam a apelidar-nos. Tristeza é o que sente por pessoas que escrevem sem saber o que foi a descolonização, dita exemplar pela extrema-esquerda (pspc), que até armas vendeu aos movimentos de libertação para matar portugueses. A História irá julgar os falaciosos de esquerda!
Domingo, 20 Junho- joaquim ferreira da mota Aqueles que ainda não se adaptaram á realidade ainda estão a tempo de o fazer, porque não foram empreendedores como os retornados? ficaram à espera que as benesses caissem do céu! Trabalhem e deixem se de estar a chular aqueles que trabalham prejudicando tudo e todos ao receberem o rendimento mínimo sem produzirem se fossem obrigados a irem trabalhar para as câmaras juntas de freguesia e outros. mas isso não querem eles o que querem é o mínimo e fazerem biscatos não descontando nada para o bem .
- J. Pereira Estes retornados são muito espertos. Nas colónias exploravam os negros, cá querem explorar os pobres dos contribuintes portugueses. Sim, porque a maioria deles, hoje, estão bem instalados na vida, têm empresas e fogem aos impostos quanto podem.
Sabado, 19 Junho- CP Sr. LUSITANO. Vergonha deve ter você por ser invejoso e cobarde. Não tente tirar às pessoas o dinheiro que lhes foi "ROUBADO PELO ESTADO PORTUGUÊS". Estude todos os processos de descolonização dos outros países europeus e pode ser que aprenda alguma coisa. Mas desde já o aviso. Não vai ler nada sobre futebol.
- CP Sr. NELSON CARDOSO. O sr. além de invejoso é de uma estupidez atróz. Será que 30 anos depois ainda não aprendeu nem sabe nada sobre a «descolonização» ou melhor, sobre a COBARDE FUGA das ex-colónias ?
- Lusitano_NS Ó sr. Inácio Gil, o senhor deve ser um sonhador, só que anda com os sonhos trocados, quer mama vá a uma vaca leiteira, aí pode ser que se safe. Tenha vergonha.
- Inácio Gil Para os que estiverem interessados adianto os telefones da Associação dos Espoliados de Moçambique - 218809996 - e da Associação dos espoliados de Angola -218816305.
- Rico Leal É verdade que centenas de milhares de portugueses foram vítimas do vergonhoso processo de descolonização. Mas existem protagonistas! Assim sendo há que pedir-lhes responsabilidades. Parece-me absurdo exigir dos contribuintes maior sobrecarga de impostos para pagamento de dívidas que não contraíram. A maior parte dos espoliados de África hoje em dia estão bem instalados, creio até que nalguns casos com ajudas do Estado. Aqueles que tiveram menos êxito terão de sujeitar à sorte de tantos outros compatriotas! (Louriçal)
- Ricardo Martins Agradeçam ao Dr. Mário Soares e amigos a linda descolonização que tiveram. Deram tudo de mão beijada aos "Corvos" e depois quando eles tudo destruiram, abriram-lhes as portas do nosso Pais para arrasarem com o resto. No entanto eles continuam a viver das negociatas ilicitas em África, queriam era pendurados!
- Rodolfo Palha Prezados Senhores,Através da internet fiquei ciente da existência do processo que tramita na Assembleia, sobre a petição dos bens espoliados aos ex-residentes em Moçambique.Sou natural de Moçambique - e construí minha vida na cidade de Nampula.Tinha um imóvel com duas casas sobrepostas e na época me negaram o direito de efectuar qualquer negociação. Resido no Brasil desde 1975. Gostaria de obter maiores informações sobre meus direitos.AtenciosamenteRodolfo Palha
- CP Portugal foi o ÚNICO país da Europa que não indemnizou os compatriotas que viviam nas ex-colónias. UMA VERGONHA e UM ROUBO.
- nelson cardoso Estes indivíduos ainda querem roubar mais o Estado Português. Eles quando estavam lá, estavam-se lixando para Portugal, diziam-no alto e a bom som. Acho que deviam ser presos em vez de andarem com petições. Depois, no tempo dos governos de esquerda não pediram nada? Sabem quem deu a descolonização? Foi o sr. Mário Soares e Almeida Santos, porque não recorrem a eles? Isto é mesmo pouca vergonha do PS e Companhia, vão lá depressa...
- joca Só faltava agora dar dinheiro a estes. Se viviam em Moçambique e não queriam vir, que ficassem lá. Queriam mama lá e agora querem-na cá.
publicado por ANTITUDO às 08:20
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. aLerta a todos os bloggue...

. EMIGRA PASSOS …séc. XXI

. Padrões e padronizações…

. Momentos de Felicidade na...

. Momentos de Felicidade na...

. MEMÓRIAS DE ANGOLA

. O C. D. C. A.

. ARGIVAI Já existia, muito...

. FOLKWAYS - (tradições pop...

.arquivos

. Fevereiro 2015

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds